sábado, 31 de julho de 2010

Hillbilly world

Pelas Portas do Mar há uma exposição para mostrar a diversidade das plantas e bichos das ilhas. Já no que diz respeito à fauna humana que frequenta a zona por estes dias, a diversidade será pouca, tal é a quantidade de rafeiros por metro quadrado que por lá pulula.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Pensamentos primitivos

Ao que consta, um dos elementos mais novos de uma conhecida família indígena chama-se Lourenço Marques. Pus-me a pensar sobre qual será o diminutivo do nome da criança. Será Maputozinho?

domingo, 25 de julho de 2010

Ora deixa-me cá ir às profundezas do dicionário

Há locais que têm tendas para receber eventos. Depois há as Portas do Mar, onde as coisas têm de ser em grande, por isso por lá a coisa chama-se tentorium.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Profissões de futuro

Para além de preservar a minha brancura, chegar à praia já perto das 6 da tarde tem outras vantagens. Permite, por exemplo, ver um número apreciável de pessoas com grandes escaldões e pensar que os dermatologistas têm o futuro garantido. Igualmente garantido estará o trabalho de quem tenha habilidade para tatuar símbolos de clubes desportivos em redor do mamilo esquerdo dos machos indígenas - já vi, pelo menos, três exemplares ao vivo e a cores.

domingo, 18 de julho de 2010

Será que é assim que se chega a assessor?

Fui à praia, molhei a t-shirt e esqueci-me de levar outra para trocar. Depois de muito procurar, o melhor que arranjei para vestir foi isso:

sábado, 17 de julho de 2010

Sempre a inovar

Um dos pilotos do Rallye Açores embateu em 3 vacas, matando uma delas. Se eu fosse o piloto, eu tinha aproveitado a vaca morta para fazer um churrasco e um piquenique à beira da estrada, tornando o rali indígena ainda mais único.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Isto está tudo bem entregue

Anda a dar muito que falar o balúrdio que custou uma viagem ao Canadá da primeira dama destas ilhas, para ela lá fazer não se sabe bem o quê. Berta Cabral já veio dizer que, se ela chegar ao poleiro-mor da Região, as suas viagens serão muito mais claras e terão objectivos estritamente oficiais. Para o provar, ela já informou que, na sua próxima viagem oficial, ela irá para a praia* em Cabo Verde.

*Só por manifesto lapso é que a impressa indígena grafou o nome do local com maiúscula.

domingo, 11 de julho de 2010

Somos muito modernos, evoluídos e coiso

A Atlânticoline decidiu promover uma flash mob nas Portas do Mar para mostrar que, nos Açores, também se pode fazer o que se faz lá fora. Já oferecer um bom serviço com barcos modernos, como se faz lá fora, fica para depois, porque não dá tanto nas vistas.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Pergunta de cultura geral

Onde se encontra a maior concentração de prostitutas, prostitutos, travestis e similares dos Açores? Não, não é num bordel, nem tão pouco numa rua mal frequentada. É na recepção de um jornal a colocar anúncios classificados.

domingo, 4 de julho de 2010

Haveria um Herr Flick em cada esquina?

A leitura do Correio dos Açores é o melhor complemento para um domingo solarengo. Num artigo que é uma montra do cintilante Português que se escreve por aquele jornal, fala-se do aniversário de um bombardeamento alemão ocorrido em Ponta Delgada durante a 1.ª Guerra. E que sinónimo de bombardeamento decidiu o cronista usar para mostrar o pânico sentido pela população? Insulto, pois não há nada mais aterrorizador do que alguém estar na sua própria terra a ser insultado numa língua que não percebe.