domingo, 20 de setembro de 2009

Insólitos

Uma bola a atravessar a rua surpreendeu-me durante a condução. Fiquei à espera da criança que deveria vir atrás da mesma, mas não havia vivalma nas redondezas. Ainda me preocupou o facto de poder ter atropelado uma criança fantasma, mas depois ouvi esta magnífica tirada de Carlos César e fiquei muito mais descansado:

Governar os Açores com um governo do PSD em Lisboa seria como subir à montanha do Pico com um saco de areia cheio às costas

Ora, com a pressa com que se anda a acabar obras para as inaugurar antes das eleições, é óbvio que não havia sacos de areia disponíveis e Ti Carlins lá teve de colocar a criança às costas para subir a montanha e provar a sua teoria.

1 comentário:

Anónimo disse...

O Pauleta não era. Ele já deixou a bola agora dedicou-se às fatias.