terça-feira, 7 de abril de 2009

Cenas da vida quotidiana - a crise

Raptou algo de precioso, tinha o familiar mais próximo das vítimas na mão, pois ele precisava de dar uso às mesmas dentro de 10 minutos. Ainda assim, a crise fez com que a raptora aceitasse devolver as vítimas com uma mera promessa de que o resgate seria pago mais tarde, às prestações.

Sem comentários: