terça-feira, 31 de março de 2009

Sempre não se desculpam com a crise

O AO de hoje noticia que a obra do Spa das Furnas, desenvolvida pela ASTA Atlântida, está atrasada, devido à elevada quantidade de arsénio na água. Já no outro empreendimento desenvolvido pela mesma entidade, o Casino/Centro Comercial da Calheta, parece que o arsénio afectou foi os trabalhadores da obra, pois nos últimos meses, só se vêem por lá dois ou três a labutar. Ou será que, no meio disso tudo, o que foi afectado pelo arsénio foi o nobre metal?

sábado, 28 de março de 2009

Uma questão de tamanho

Durante um congresso sobre turismo cultural, o presidente da câmara da Horta criticou, entre outras coisas, a construção de parques de estacionamento no centro de Ponta Delgada. Como o dito senhor não deve estar habituado a localidades maiores, talvez fosse útil que alguém lhe explicasse que as necessidades de estacionamento de uma cidade são diferentes das de uma... aldeia.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Em pulgas

Diz-se por aí que o governo regional fez distribuir um poema no passado Sábado, junto com os jornais, para celebrar o Dia Mundial da Poesia. Pelos vistos, esta é uma iniciativa que vai ser repetida, pelo menos é o que pensam os pedófilos indígenas que mal podem esperar pelo jornal do Dia Mundial da Criança.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Cuidado com essas ideias

A TV Cabo anda por aí a publicitar o seu serviço de telefone fixo como slogans do tipo: "Pagar assinatura telefónica é como pagar assinatura pelos canos de esgoto da sua casa". Agradecia que os senhores da TV Cabo não dessem ideias a Tia Bertinha, porque ela já coloca um número mais do que suficiente de taxas na factura da água. Obrigado.

terça-feira, 17 de março de 2009

Talvez em Cuba também seja assim

O deputado regional eleito pelo PS Alexandre Pascoal foi eleito para a nova direcção da associação ambiental Quercus. Parece-me que finalmente vamos ter "ambientalistas" a defenderem acerrimamente a grandiosa intervenção na Fajã do Calhau.

domingo, 15 de março de 2009

Terrorismos eleitorais

Nas últimas eleições autárquicas, Tia Bertinha conseguiu 67% dos votos em Ponta Delgada. Muitos disseram que era impossível repetir tal façanha eleitoral e que seria pouco menos do que um delírio pensar em melhorar tais resultados. Mas há sempre aqueles visionários que, não sendo amigos de terroristas, gostam particularmente de terrorismo eleitoral. E de terrorismo eleitoral do bom, como dizer que "quer árabe como opção nas escolas de Ponta Delgada" (CA). Acertar com tanta pontaria nos problemas fulcrais de Ponta Delgada não está ao alcance de qualquer um. Por isso, estou certo que Tia Bertinha reconhecerá todo o mérito deste ideário de Paulo Casaca e lhe concederá gratuitamente um lugar de estacionamento no parque subterrâneo da avenida. Parece-me uma recompensa justa, pelos tão grandes serviços prestados à reeleição da dita cuja.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Cenas da vida quotidiana - A explicação dos fenómenos meteorológicos

Como talvez se veja na foto abaixo, ontem por Ponta Delgada, podia-se brincar ao quarto escuro na via pública ao meio-dia.

Foto: AO, 13.03.09

Tendo em conta o cenário bucólico-idílico, a maior parte dos aviões foi arejar para outras paragens e os jornais do dia não chegaram. Mas esta explicação não convenceu um qualquer aspirante a ser meu colega (leia-se, a ser meteorologista amador). Para ele, se o Benfica tivesse jogado na
Champions na quarta, os aviões teriam aterrado com qualquer tempo, mas como foi o Porto que jogou, já não houve voos para cá. E de quem é a culpa disto tudo? De Carlos César e de Berta Cabral. Parece-me uma conclusão lógica (pelo menos, segue a lógica da rama da batata doce).

quinta-feira, 12 de março de 2009

Terrorismos

O Tribunal de Ponta Delgada começou ontem a julgar o processo que Paulo Casaca apresentou contra o jornal Expresso. Alega aquele eurodeputado açoriano que o jornal o difamou ao dizer que são terroristas os senhores com quem Paulo Casaca aparece a dançar no vídeo abaixo:



Eu, se fosse o director do Expresso, apresentava como defesa apenas este vídeo, onde a dança de Paulo Casaca e comparsas já é, por si só, um claro atentado terrorista à sanidade visual de qualquer um.

terça-feira, 10 de março de 2009

Passar despercebido

O AO intitula uma das suas notícias de hoje desta mal cheirosa forma: "Odores de explorações de suínos vão subir ao Parlamento". Ora, tendo em conta que o debate político pelo parlamento costuma tresandar, creio que ninguém dará pela presença destes odores.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Uma questão de tempos verbais

A propósito do lançamento local do livro Carlucci vs. Kissinger, José de Almeida, o mítico líder da FLA, pronunciou-se sobre o apoio ao independentismo açoriano na Europa, afirmando "eu não digo que ele existiu, ele existe". Já eu, ou muito me engano, ou hoje em dia o independentista-mor cá da terra deveria antes dizer: "La FLA, c' est moi... et mes amis".

terça-feira, 3 de março de 2009

O secretário regional experimentou e aprovou

Alertado por alguém, para a vertente menos mal cheirosa da problemática, decidi verter 2 decilitros de pensamento sobre o assunto, para alcançar o que está por detrás da questão da compra de umas certas fraldas por parte do governo regional. Penso que a produção gráfica abaixo sintetiza o leitmotiv de mais este episódio da vida insular.

segunda-feira, 2 de março de 2009

A fita voltou a saltar da cassete

O presidente da SATA anunciou que a empresa vai deixar de distribuir jornais e fazer vendas a bordo, para os passageiros da económica, afirmando que "o Grupo tem que apostar nos conteúdos de lazer em suporte digital, como o canal de bordo, se possível" (AO). Se possível, que é como quem diz, "se o sistema de vídeo dos anacrónicos A310 funcionar".