quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Coisas a não esquecer no ano que vem

O dia propriamente dito ainda não chegou, mas já há lições que posso tirar deste Natal. Por exemplo, não convém mesmo nada abrir nozes com um martelo enquanto se segura as ditas com um alicate de pressão. É verdade que o martelo é bastante bom a quebrar a casca, mas esta ferramenta é igualmente poderosa a esmagar o conteúdo. Vou ver se me lembro disto para o ano, para não comer vestígios de noz misturados com cascas pelo décimo quarto ano consecutivo.

Sem comentários: